sexta-feira, 7 de julho de 2017

3 – O psicótico britânico

Rurik Jutting era um banqueiro britânico que tinha estudado em Cambridge, e ele descreveu como teria atraído prostitutas pobres para seu apartamento de alto padrão em Hong Kong. Ambas com 20 anos de idade, Seneng Mujiasih e Sumarti Ningsih foram achadas mortas no apartamento de Jutting no dia 1 de novembro de 2014, e o curioso é que foi ele próprio que chamou a polícia. O banqueiro torturou Sumarti, com quem mantinha relações sexuais, durante três dias antes de matá-la no chuveiro com uma faca de serra.
O acusado ainda gravou as imagens dos crimes, incluindo as torturas que fez à primeira vítima. Depois de matá-la, Jutting envolveu seu corpo numa lona e o colocou numa mala. Em suas gravações, ele dizia o quanto gostava de matar a moça e que não poderia fazer isso sem consumir cocaína. O julgamento do assassino ainda está em andamento, mas todos já sabem qual será o resultado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DIRECIONAMENTO